••• Dra Marcella – Reumatologista – Rio de Janeiro – Barra da Tijuca

Osteoporose e os alimentos ricos em cálcio

Osteoporose e os alimentos ricos em cálcio

O cálcio é o principal nutriente para manter os ossos fortes e a Osteoporose é a principal consequência da sua insuficiência. Essa doença é caracterizada pela perda de massa óssea e aumento do risco de fraturas espontâneas ou por impacto leve, como uma queda ao chão. Essas ocorrem principalmente no fêmur, vértebras e membros superiores.

A doença é considerada silenciosa por não causar dor ou sintomas, porém quando há uma fratura, essa pode ocasionar perda de funções e dor incapacitante, de difícil tratamento, tendo muitas vezes indicação cirúrgica. Dessa forma, faz-se fundamental o cuidado para realizar o diagnóstico e tratamento precoces, mas principalmente a prevenção dessa patologia.

A prevenção deve ser realizada ao longo da vida com a prática de atividade física, exposição adequada ao sol e principalmente consumo de cálcio correto. A ingestão adequada de cálcio varia entre 700-1300mg por dia, de acordo com a idade e o sexo. Mulheres pós-menopausa devem ingerir de 1200-1300mg de cálcio por dia, visto que configuram um grupo de risco para o desenvolvimento da Osteoporose.  

O leite e seus derivados são os alimentos com a maior concentração de cálcio, mas esse também pode ser encontrado em menor quantidade na sardinha, feijão, brócolis e outras fontes. O ferro pode atrapalhar a absorção de cálcio, por isso a ingestão de café com leite, carne com molho branco ou leite com achocolatado não são recomendados.

Quer saber se você ingere a quantidade adequada de cálcio por dia e o quanto seria necessário ingerir? Na internet, encontramos algumas calculadoras de cálcio que podem nos auxiliar! Segue abaixo o link de uma delas, mas não se esqueça de que as orientações médicas devem ser priorizadas e sempre consultadas para que não haja prejuízos à saúde.

Link para calculadora da ingestão de cálcio:

http://www.bibliomed.com.br/calculadoras/calcio/index.cfm

 

Em casos específicos, como na intolerância ou alergia ao leite e seus derivados, a suplementação (ingestão de cálcio através de comprimidos) pode ser uma opção, lembrando que essa deve sempre ser prescrita por médico, pois o excesso de cálcio pode ser prejudicial à saúde. Procure um Reumatologista para cuidar da saúde dos seus ossos e não se esqueça: a prevenção é o melhor remédio!

Deixe um comentário