••• Dra Marcella – Reumatologista – Rio de Janeiro – Barra da Tijuca

SOBRE

Dra. Marcella Andrade

  • Especialista em Reumatologia e Clínica Médica

CRM 52.95792-5

  • Atividades Atuais

Membro da Sociedade Brasileira de Reumatologia
Membro da Sociedade de Reumatologia do Rio de Janeiro
Professora substituta de Reumatologia da Faculdade de Medicina da UFRJ

  • Formação Acadêmica

Graduação em Medicina na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Internato de Clínica Médica no Hospital Tenon em Paris/França
Residência Médica em Clínica Médica no Hospital Federal do Andaraí
Residência Médica em Reumatologia na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

  • Titulação

Título de Especialista em Reumatologia pela Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR)

  • Idiomas

Inglês, Francês e Espanhol

SERVIÇOS

Consulta Médica de Reumatologia

Atendimento Médico a Pacientes Internados

Parecer de Reumatologia e Visitas Hospitalares

Consulta Domiciliar de Reumatologia

Quando Procurar um Reumatologista?

A Reumatologia é a especialidade médica responsável pela investigação e tratamento das doenças que acometem o sistema musculoesquelético (ossos, cartilagens, músculos, tendões, ligamentos) e doenças de comprometimento sistêmico (autoimunes e inflamatórias). Os motivos para se procurar um Reumatologista são diversos, devido à grande variedade das doenças reumatológicas e os sintomas que essas podem ocasionar. 

Veja abaixo algumas das áreas de atuação do Reumatologista:

Doença inflamatória das articulações periféricas e da coluna vertebral de pacientes com psoríase. Pode evoluir com deformidades e perda de funções, se não tratada.

Doença crônica autoimune que acomete principalmente mulheres e causa inflamação das articulações, principalmente das mãos, punhos e pés. Se não tratada, pode evoluir com deformidades.

Doença degenerativa e inflamatória das articulações, principalmente mãos, punhos, joelhos, quadril e coluna. Mais comum em mulheres acima de 50 anos, causando dor, rigidez e deformidades.

Doença metabólica do osso, que causa dor e deformidades, se não tratada.

Inflamação das articulações de forma crônica após a infecção pelo vírus da Chikungunya. Paciente pode se queixar ainda de dormência, dor muscular e fadiga.

Doença crônica autoimune que afeta principalmente mulheres e pode causar espessamento da pele, alterações vasculares, dificuldade de deglutição, doença pulmonar, doença renal, entre outros sintomas.

Doença inflamatória crônica que causa dor e rigidez nas articulações periféricas e da coluna vertebral. Sem tratamento adequado, evolui para deformidades e perda de funções.

Doença inflamatória das articulações periféricas e da coluna vertebral de pacientes com doenças inflamatórias intestinais (Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa).

Doença mais comum em mulheres, caracterizada por dor difusa. Associada ao sono de má qualidade, fadiga excessiva, depressão e outras doenças psiquiátricas.

Inflamação recorrente das articulações, principalmente tornozelos e o primeiro dedo dos pés, causada por aumento do ácido úrico no sangue. Está associada à doença renal e aumento do risco cardiovascular.

Doença crônica autoimune que acomete principalmente mulheres em idade fértil afrodescendentes e pode afetar diversos órgãos, principalmente a pele, articulações, sengue, rins e coração.

Doenças caracterizadas por inflamação crônica muscular, ocasionando fraqueza e dificuldade de realizar atividades como se levantar, subir escadas e pentear o cabelo. As mais comuns são a polimiosite e a dermatomiosite.

Doença mais comum em mulheres pós-menopausa, caracterizada pela perda de massa óssea e aumento do risco de fraturas.

Doença autoimune que aumenta o risco de tromboses, perda gestacional e intercorrências na gestação.

Doença crônica autoimune que acomete principalmente mulheres e causa boca seca, olho seco, inflamação das parótidas, dor articular e pode afetar outros órgãos.

Doenças caracterizadas por inflamação dos vasos, limitando o fluxo sanguíneo para os tecidos. Pode acometer os pulmões, rins, olhos, pele, entre outros órgãos. Podem ser primárias ou causadas por medicamentos, câncer e infecções. Ex: Doença de Behçet, Granulomatose com poliangeíte (Wegener), Arterite de Células Gigantes, entre outras.

Depoimentos

Contato

  • (21) 2266-1691
  • Av. Ayrton Senna, 2600 - Barra da Tijuca - RJ

Faça um pré-agendamento da sua consulta! Entraremos em contato assim que possível.

Blog

Artigos

O que é SAF?

SAF é a abreviação de Síndrome do Anticorpo Antifosfolipídeo, doença autoimune em que o indivíduo produz anticorpos contra fosfolipídeos, substâncias presentes na membrana das células

Leia Mais »

Redes Sociais

Please enter an Access Token on the Instagram Feed plugin Settings page.

MARCELLA ANDRADE © 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | SITE PRODUZIDO PELA SÓSITEBOM